Cuidados ao comprar

Cuidados ao comprar

jul 13, 2011

 

MOTOS USADAS - CUIDADOS AO COMPRAR

 

Comprou uma moto usada?….   Mosca branca?

Parabéns..!!! Mas vamos tomar certas precauções antes de colocá-la na trilha.

Alguns itens de extrema importância devem ser checados quando você adquire uma moto usada, mesmo que seja de boa procedência.

1 – Óleo do cárter e Câmbio

Por não ser um item de alto custo, recomenda-se trocar o óleo de motor e câmbio. Caso a troca esteja vencida ou o mesmo perca a viscosidade necessária, poderá acarretar prejuízos bem maiores do que o custo de aquisição e troca.

2 – Filtros de Ar, Óleo e Combustível

Item extremamente importante para a durabilidade do motor. Filtros sujos ou desgastados podem permitir a entrada de terra e partículas prejudiciais, tanto no carburador como no próprio cilindro. Por ser difícil avaliar se as trocas foram feitas corretamente, substitua-os de imediato, evitando problemas maiores.

3 – Sistema de Freios.

O fluido de freio com o passar do tempo estagna-se, ficando espesso e perdendo sua capacidade de frenagem. Troque-o, mas antes faça uma boa limpeza do sistema. Verifique também se existem vazamentos no cilindro e se as vedações estão bem ajustadas.

Caso o conjunto esteja muito sujo ou com vestígios de vazamento, recomendamos a troca do conjunto completo. Lembre-se: Freio não é acessório, mas sim item de extrema segurança. Aproveite também para checar pastilhas, lonas e discos.

4 – Pneus e câmaras de ar

Quem já teve um pneu furado no meio de uma trilha sabe o quanto é desagradável. Não pense em economizar nestes itens. Você poderá se arrepender logo na primeira trilha. Vale a pena também colocar uma trava no pneu traseiro. Ela contribuirá para maior durabilidade de todo conjunto, evitando que a câmara rode dentro da roda, estragando bicos e mordendo-a até sofrer cortes e rasgos irreparáveis. O mousse, apesar de caro, é muito recomendado.

 

5 – Corrente de comando

Caso você não tenha conhecimento de mecânica, este tipo de manutenção deverá ser feito por pessoal especializado. O correto ajuste da corrente de comando e seu esticador, bem como revisão em possíveis folgas de válvulas, evitarão prejuízos futuros bem maiores, além de deixá-lo à pé na trilha. Já que o motor estará aberto, aproveite também para trocar todas as juntas velhas. Não se preocupe que, apesar de serem componentes importantes num motor, elas custam muito pouco.

6 – Parte Elétrica

Os chicotes devem ser, tanto quanto possível, desligados. Deixe apenas os essenciais como farol dianteiro, buzina e ignição. Retire piscas, painel, sensores de descanso lateral, etc. Como nas trilhas nunca se sabe a profundidade exata das poças de lama, é bom evitarmos curtos circuitos desde já, caso contrário, você entenderá o drama dos trilheiros da foto ao lado.

Entretanto vale lembrar que; mesmo tomando todas estas precauções, ninguém está livre de eventuais quebras ou problemas na trilha, portanto leve sempre com você um jogo básico de ferramentas, a fim de efetuar um reparo de emergência quando necessário.

Então, finalmente chegou a hora de testar a Bike. Reúna a galera e ….

BOAS TRILHAS… !!!